Você não precisa ser uma pessoa religiosa para pelo menos já ter ouvido falar dos 7 Pecados Capitais. Mas caso não faça ideia do que estamos falando, em resumo, são vícios e transgressões humanas que podem nos levar a cometer outros pecados ainda piores, segundo o que é ditado por algumas religiões.

Os pecados são: luxúria, soberba, preguiça, inveja, gula, avareza e ira. Esse “conjunto de regras” existe para garantir uma vida mais harmoniosa e plena, e quando são aplicados à decoração o objetivo não é nenhum um pouco diferente.

Ao fazer ou não fazer o que é aconselhado através dos pecados, seus ambientes podem ficar muito melhores, mais espaçosos, bonitos e aconchegantes, muitas vezes, mexendo em muito pouco.

Hoje, vamos abordar cada um desses pecados e explicar o que eles dizem para profissionais e amadores da decoração. Continue lendo para saber mais:

Luxúria

A luxúria está ligada ao excesso, ao poder, domínio e dinheiro. Querer ter aquilo que é caro. Pode até parecer algo bom no primeiro momento em que pensamos nesse tópico, mas aí lhes faço a pergunta: é mesmo necessário?

Uma boa decoração não precisa de itens caros para ser bonita ou perfeita, basta um projeto que valorize o ambiente e proporcione o que é realmente necessário para ser aconchegante e completo.

Soberba

Ou vaidade, está ligada ao sentimento de superioridade, orgulho em excesso e narcisismo. Não é necessário muito para entender a problemática desse pecado, certo? A dica principal é: decore para si mesmo e não para se sentir melhor que os outros. Você é a única pessoa que precisa se sentir satisfeita e feliz com a sua decoração.

Preguiça

Procrastinar ou ser desleixado são algumas das atitudes relacionadas à preguiça. E, na prática, pode ser transcrita como a falta de cuidado com a sua decoração, deixando os ambientes bagunçados e objetos fora do lugar. Se você é uma pessoa adulta, essa é um grande problema, mas se a bagunça é causada por crianças, é preciso ensiná-las a ter cuidado com as coisas da casa.

Outra situação é a troca de decoração, algo que acontece pelo menos uma vez por ano em todas as casas do Brasil. Não tenha medo e nem evite, esse processo é algo bom principalmente para limpar o cômodo e deixá-lo mais receptivo.

Inveja

Desejar muito aquilo que outra pessoa tem ou conquistou, ignorar os próprios bens e ficar de olho apenas naquilo que não é seu é errado em diversos âmbitos de nossas vidas. O foco deve ser sempre em nós mesmo, em nossas coisas, consequentemente, em nossos ambientes.

No entanto, é importante dizer que não há nada errado em se inspirar. Seu amigo, colega ou familiar pode ter uma ideia muito legal e aplicá-la de outra maneira para si mesmo ou ter uma nova ideia a partir daquilo que você viu não se caracteriza como desvio de caráter. O importante é ser autêntico sempre no momento de enfeitar a sua casa.

Gula

A gula existe onde não há satisfação. Quem comete esse pecado acredita que quanto mais, melhor.

É preciso manter em mente que a quantidade de itens decorativos não irá definir a beleza da decoração ou tornar ela boa. Deve-se agir com moderação, pensar de modo prático e focar apenas nas coisas verdadeiramente necessárias, afinal, existe um limite de espaço que precisa ser respeitado. Não exagere.

Avareza

Esse pecado pode ser facilmente definido como excesso de apego a bens materiais, nesse caso, aos enfeites, móveis e tudo mais que compõe a decoração dos seus ambientes. Portanto, o conselho é simples, não seja muito apegado, entenda que existem momentos que devemos nos desfazer do que não serve mais, foi quebrado ou pode ser substituído por algo melhor.

Troque as cortinhas, abajures, tapetes, enfeites e até móveis como sofás e televisões. Faça o descarte correto ou passe para outra pessoa como peças de segunda mãos.

Ira

Evite a raiva e o desconforto no processo de troca de uma decoração e quando ela já estiver estabelecida. É importante pensar em um design harmônico e confortável para todos que vivem com você, então, se for preciso, convide eles para projetarem o novo visual dos ambientes.

 

Fique atento aos 7 Pecados Capitais da Decoração e atue segundo os conselhos deles, assim, muitas dores de cabeça serão evitadas no futuro e você com certeza conseguirá estabelecer a melhor decoração para os cômodos da sua casa ou apartamento.

Para mais dicas de decoração, acesse o blog da VRV.

0 0 votes
Article Rating