O mercado imobiliário está em constante transformação e a cada ano novo tendências novas surgem. Portanto, se você está querendo vender ou comprar uma casa ou apartamento é preciso compreender os principais interesses dos compradores da vez. Mantenha em mente que as mudanças no setor imobiliário trazem não apenas inovações, mas, também, oportunidades imperdíveis.

Com base nisso, selecionamos as principais tendências que os participantes do mercado imobiliário estão apresentando interesse neste novo período. Continue lendo e saiba mais:

Ambientes de trabalho dentro de casa

O distanciamento social estimulou a necessidade de um ambiente exclusivo para trabalho dentro das moradias das pessoas. Compradores passaram a procurar por imóveis com espaços mais amplos, infraestrutura para realizar serviços cotidianos, atividades profissionais e ter lazer. Logo, quem mora em apartamentos e casas pequenas está em busca de novas residências.

O trabalho home office aumentou significativamente, porém, o imóvel não precisa ser necessariamente gigante para acomodar essa e outras necessidades. Se possuir uma planta bem pensada e organizada, o interesse de quem quer se mudar já aumenta.

Apartamentos e casas mais inteligentes

Imóveis inteligentes são projetos construídos para acomodar com facilidade os novos eletrodomésticos que estão ganhando cada vez mais funcionalidades. Alguns exemplos disso são as televisões Smart que executam comandos por voz ou aplicativo de celular, as lâmpadas multicores e conectadas ao wi-fi, robôs aspiradores e muito mais.

Diversas dessas opções dependem de uma estrutura mais ampla, pontos de conexão bem pensados, fios pré-instalados e demais facilidades. E a melhor parte é que uma residência tecnológica como essa está cada vez mais acessível a todos os públicos, aumentando sua demanda.

Ambientes integrados

A correria do dia a dia e a necessidade de mais espaço chamou a atenção dos compradores para uma tendência interessante: imóveis com ambientes integrados. Essas pessoas têm preferido morar em apartamentos ou casas onde possam aproveitar melhor a metragem reduzida e terem mais liberdade durante as atividades cotidianas.

Nessa opção, algumas paredes que delimitam espaços somem e os móveis passam a delimitar sala, cozinha e até varanda. Em outras situações, a ideia vai ao extremo, onde a residência passa a ser tratada como um grande salão e a decoração faz o trabalho de dividir cômodos.

Imóveis bem localizados

Morar bem também significa morar em uma região que proporcione vantagens. As principais delas são: segurança pública, um centro comercial completo, vias de acesso, transporte público acessível e muitos outros fatores similares que passaram a ser questões essenciais para quem está decidindo comprar ou não uma casa ou um apartamento.

Todavia, é importante ressaltar que uma residência bem localizada não é necessariamente aquela que se encontra nos bairros mais caros ou centrais. Muitas vezes, é a necessidade de quem está comprando que diz se aquela moradia é a ideal ou não. Afinal, quem está acostumado a acordar trinta minutos antes do expediente não vai querer acordar mais tarde.

Essas são as principais tendências que os compradores têm buscado nos imóveis atualmente. Você se interessou por algum desses conceitos? Converse com um dos nossos corretores para conhecer nossos imóveis residenciais pensados especialmente com essas características.

0 0 votes
Article Rating