Uma das partes mais importantes durante o processo de compra de um bem é o processo de vistoria de imóvel. Seja casa ou apartamento, visitar o ambiente que será o seu futuro lar é essencial para garantir que tudo está nos conformes.

Uma boa vistoria é mais que uma formalidade, é também uma forma de evitar dores de cabeça no futuro e garantir o seu bem-estar e o da sua família, que, em breve, estarão naquele lugar. Também, é a chance de conhecer o antigo dono ou representante da construtora e tirar todas as dúvidas possíveis.

Então, se você está no processe de conquista de um imóvel e, logo mais, irá realizar a vistoria de imóvel, confira seis pontos importantes que precisa da sua máxima atenção no momento da visita. Continue lendo e confira:

Vistoria de imóvel: por onde começar?

Ao chegar no imóvel, você deve, primeiro, conhecer a pessoa responsável pela venda da residência e que vai lhe acompanhar durante a vistoria de imóvel. Use esse momento para fazer todas as perguntas que vier à cabeça, não apenas sobre a casa ou apartamento, mas, também, sobre a região.

Depois disso, se atente a seis detalhes para ter certeza de que seu lar estará nos conformes:

Manchas, rachaduras e infiltrações

Vamos começar por aqueles problemas que, além de sérios por comprometerem a estrutura do imóvel, deixam ele feio e tiram o prazer de morar no local: as manchas, rachaduras e infiltrações.

Além dos problemas estéticos, também representam perigo para os itens da sua moradia, podendo estragar os seus móveis e eletrodomésticos. Ao identificá-los, você poderá solicitar a correção deles. Em último caso, poderá até mesmo procurar um novo lugar para morar.

Tomadas e fiação elétrica da casa

É importante que a energia elétrica esteja ligada durante a vistoria de imóvel. O motivo disso é a possibilidade de verificar se todos os interruptores e tomadas estão funcionando corretamente. Afinal, ninguém quer morar em uma residência sem luz.

A energia também é importante para ligar seus eletrodomésticos e outros equipamentos, como o chuveiro. Não ter uma fiação completa pode causar grandes contratempos e chateações. Caso algo esteja falho, notifique o quanto antes o proprietário, a construtora e/ou a imobiliária.

Dobradiças, trancas e travas de portas e janelas

Apesar de pequenas e “simples de serem trocadas”, conferir a funcionalidade das dobradiças, trancas e travas de portas, portões e janelas durante a vistoria de imóvel também impede que o seu cotidiano seja menos seguro.

Em alguns casos, a solução para o problema pode ser simples, como a aplicação de óleo para a fluidez dos movimentos de abre, fechar, giro e trava. Todavia, essa é uma responsabilidade de quem está passando o imóvel adiante e não sua.

Em casos mais graves, pode ser necessário trocar as janelas ou portas. Então, o proprietário, a construtora e/ou a imobiliária devem resolver isso.

Torneiras, mangueiras e encanamento

Acho que é necessária muita ênfase nesse ponto, uma vez que é óbvia a sua finalidade, certo? De qualquer forma, durante a vistoria de imóvel, não se esqueça de checar as torneiras, mangueiras e o encanamento da casa. Afinal, caso haja algum problema, você pode ficar sem água.

Faça questão de abrir todas as passagens de água, dar descarga e, ainda, conferir a qualidade do líquido, afinal, algo pode estar nos tubos e ventilações e infectar os moradores futuramente.

Pisos e azulejos

Um aspecto fácil de perceber durante a vistoria de imóvel, porém, não dispensa o máximo de atenção. Olhe para cada um dos pisos e azulejos dos ambientes, toque eles para ver se estão bem fixos e se não há nenhuma rachadura e nenhum risco ou mancha que só sairá se a peça for trocada.

Qualquer imperfeição precisa ser notificada, até porque ninguém quer ficar andando em uma residência que não tem um chão seguro. O maior desafio provavelmente será achar peças iguais/sobressalentes para substituir o que foi danificado.

Componentes feitos de madeira

Uma residência pode ter diversos materiais de matéria que já estão embutidos no projeto, como, por exemplo, pisos de taco, carpete de madeira, portas, armários e outras peças. Durante a vistoria de imóvel, eles também precisam da sua máxima atenção.

Felizmente, os problemas com madeira são fáceis de reparar. Todavia, você não quer arcar com os custos de um problema que não foi gerado por você, certo? Sempre notifique os responsáveis pelos cuidados com o lar antes dele ser passado a você.

Também, se possível, solicite uma vistoria particular com um profissional de sua confiança para garantir que tudo estará nos parâmetros corretos.

Gostou das dicas? Confira mais no nosso blog.

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook e Instagram.

0 0 votes
Article Rating