Você sabia que o mercado imobiliário utiliza termos específicos para tratar da compra, venda e locação de imóveis? Compreender essas palavras e jargões facilita a maneira como você lidará com os trâmites em todas as instâncias da procura por uma moradia, seja uma casa, apartamento, terreno para construção ou imóvel na planta.

Pensando nisso, preparamos uma lista com os principais termos do universo imobiliário para quem está querendo vender, comprar ou alugar um imóvel. Leia e memorize bem a lista abaixo, assim você não vai deixar passar nenhuma expressão enquanto conversa ou lê documentos relacionados ao mercado imobiliário. Confira:

Termos mais utilizados no mercado imobiliário

Se você pensa em vender, comprar ou alugar uma casa ou apartamento, é importante se preparar. E o primeiro passo nessa jornada é fazer uma boa pesquisa na internet e em imobiliárias. Para te ajudar, preparamos uma lista com os termos mais utilizados no mercado imobiliário e o que cada um significa. Confira:

Alvará

Documento emitido por órgão público para autorizar a prática de determinado ato. Nesse caso, é necessário para permitir a incorporação e/ou construção de um projeto arquitetônico em diferentes ambientes, não necessariamente apenas espaços urbanos.

Caução

Caução pode se expressar de diferentes modos, mas no geral é uma medida de cautela para garantir que as obrigações contratuais envolvendo valores monetários sejam cumpridas. Pode ser um depósito ou qualquer outra forma de garantia.

Contrato de gaveta

É um registro em papel sobre algo que foi combinado verbalmente. O acordo é registrado em um contrato que é guardado afim de confirmar a negociação. Mas como não é um papel registrado em cartório, não é considerado um documento oficial.

Crédito imobiliário

É um empréstimo concedido por instituições financeiras para pessoas que desejam comprar ou construir um imóvel através do financiamento habitacional.

Formal de partilha

O documento é emitido por juízes quando existe a necessidade de fazer a divisão de bens. Normalmente é usado quando uma pessoa morre e seus pertences precisam ser distribuídos entre os herdeiros, por exemplo. Portanto, um imóvel que pertence a duas pessoas que já não estão mais juntas só pode ser legalmente vendido se houver formal de partilha.

Habite-se

Trata-se de um documento emitido pelo poder público local que atesta que o imóvel foi construído seguindo as normas da prefeitura da cidade onde se encontra e, por isso, já pode ser ocupado por seus donos.

Hipoteca

O termo caracteriza o uso de bens imobiliários como garantia caso não haja o pagamento de uma dívida de empréstimo. Em outras palavras, na falta do pagamento, o credor pode recorrer à hipoteca, onde ele pode tomar a residência do devedor para liquidar a dívida.

ITBI

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis é uma tributação gerada e cobrada pelo município em que o imóvel está inserido durante o processo de compra e venda, ou seja, quando o bem passa do antigo para o novo dono.

Usucapião

Define uma forma de aquisição de imóvel por uso contínuo. Isso quer dizer, quando uma pessoa ocupa uma residência por muitos anos e assume a responsabilidade dela, como se fosse mesmo proprietária, por isso pode receber o direito de posse sobre a construção.

Existem muitos outros termos, mas esses são essenciais para que você não fique confuso e consiga entender o significado de qualquer discussão ou documento relacionado a transação de um imóvel.

Gostou do conteúdo? Confira mais publicações como essa no nosso blog.

0 0 votes
Article Rating